HOME

ESCRITÓRIO

EQUIPE

ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO

PUBLICAÇÕES

CONTATO

OUVIDORIA

O recente reconhecimento da insolvência transnacional

Recentemente uma liminar do Tribunal de Justiça de Santa Catarina bloqueou os bens no Brasil de um empresário escocês que responde a processo de insolvência transnacional de pessoa física.

A decisão é inédita no país e foi embasada na Lei de Recuperação Judicial e Falência- nº 14.112/2020.

A liminar determinou o bloqueio de três bens do empresário declarado insolvente pela Justiça escocesa em 2023.

A insolvência transnacional ocorre quando há um processo de recuperação judicial ou falimentar em empresa com ativos, estabelecimento, atividade ou credores em mais de um país.

No caso citado, o estrangeiro possui dívida superior a noventa e cinco milhões de libras, distribuídas em 33 credores de quatro países diferentes.

Além disso, possui imóveis no Brasil, no valor estimado de vinte milhões de reais, e tinha interesse em vendê-los.

Diante da possibilidade de dilapidação do patrimônio e frustração de credores, houve o bloqueio dos bens, como forma de reconhecimento do processo de insolvência transnacional.

O procedimento de insolvência transnacional se difere do de reconhecimento de sentença estrangeira. Isso porque a sentença estrangeira deve ser submetida a homologação pelo Superior Tribunal de Justiça.

Neste caso, com base na Lei 14.112/2020, o reconhecimento pode ser submetido diretamente ao juiz de primeira instância, sem a necessidade de submissão ao STJ, trazendo mais agilidade ao processo e segurança jurídica aos credores.

Foto: Canvas

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

Pastel de Belém

Pastel de Belém

A 2ª Turma do Centro de Classificação Fiscal de Mercadorias (Ceclam) da Receita Federal, por meio da Solução de Consulta COSIT nº 98.010/2024, decidiu que o Pastel de massa folhada moldada em forma redonda de papel alumínio, pronto para consumo humano, constituído por...

Incide ISS na organização de eventos no exterior

Incide ISS na organização de eventos no exterior

Por meio da Solução de Consulta SF/DEJUG nº 3, de 2024, o Diretor do Departamento de Tributação e Julgamento da Secretaria Municipal da Fazenda de São Paulo analisou consulta de contribuinte que desempenha uma série de atividades, dentre elas, a “realização,...