HOME

ESCRITÓRIO

EQUIPE

ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO

PUBLICAÇÕES

CONTATO

OUVIDORIA

Fisco esclarece prazos para emissão de NF

Por meio da Solução de Consulta SF/DEJUG nº 2, de 2023, o Diretor do Departamento de Tributação e Julgamento da Secretaria Municipal da Fazenda de São Paulo divulgou consulta feita por sociedade de economia mista competente para as funções de gerenciamento, fiscalização e administração de determinado sistema público mediante contrato de concessão, que contrata serviços executados de forma contínua, a exemplo de vigilância, limpeza e conservação, obras de construção civil, manutenção predial em geral, dentre outros.

Em razão da natureza continuada dessa prestação, a consulente informa que são realizadas medições mensais a fim de se apurar o “quantum” efetivamente executado no período e que as empresas contratadas somente emitem a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica – NFS-e após a anuência da consulente quanto à medição apresentada, a qual é realizada no último dia do mês, sendo que as notas fiscais acabam por ser emitidas no mês seguinte.

Neste caso, o Fisco esclareceu que os prestadores de serviço podem emitir Recibo Provisório de Serviços – RPS para posterior substituição por NFS-e desta municipalidade, o que deverá ocorrer até o 10º dia subsequente ao de sua emissão, não podendo ultrapassar o dia 5 (cinco) do mês seguinte ao da prestação nos casos em que o tomador de serviços (a consulente) for o responsável tributário.

Ademais, foi destacado que tais prazos se iniciam no dia seguinte ao da emissão do RPS, não podendo ser postergados caso vençam em dia não útil, sendo que o RPS emitido perderá a sua validade após transcorridos tais prazos, sujeitando o prestador de serviços às penalidades previstas na legislação em vigor.

 

Foto: Canva

PUBLICAÇÕES RELACIONADAS

Tributação da Remuneração do Agente de Carga (Profit)

Tributação da Remuneração do Agente de Carga (Profit)

A Receita Federal, por meio da Solução de Consulta COSIT nº 116/2023, esclareceu que integram a base de cálculo do PIS/COFINS, no regime cumulativo, as receitas decorrentes de prestação de serviços ao importador/exportador, remunerada com valores intitulados como...

Serviço de hotelaria para fins de PIS/COFINS

Serviço de hotelaria para fins de PIS/COFINS

A Receita Federal, por meio da Solução de Consulta COSIT nº 100/2023, esclareceu que a receita de serviços de hotelaria, sujeita ao regime de apuração cumulativa de PIS/COFINS, compreende somente a receita proveniente da diária paga e dos serviços cobrados...